"Casamento às Cegas Brasil 2": ex acusa participante de sumir e voltar noiva de outro

Breno Sedano e Thamara Térez teriam se relacionado por oito anos

Alisson e Thamara, de
Alisson e Thamara, de "Casamento às Cegas Brasil" (Foto: divulgação/Netflix)

E o "Casamento às Cegas Brasil" continua entregando entretenimento dentro e fora das telas! Agora, quem entra em cena é Breno Sedano, ex de Thamara Térez, que a acusa de mentir sobre a relação dos dois no reality show.

De acordo com o empresário, proprietário de um canil especializado na raça american bully, a advogada e ele moravam juntos há oito anos, até que em janeiro de 2022 ela terminou o relacionamento por ter visto uma mensagem comprometedora recebida ou enviada pelo parceiro.

"Mas continuamos morando juntos", pontua ele em um texto publicado no Instagram. "Viajamos em fevereiro, tem vídeo no Stories, e quando voltamos ela falou que apareceu um trabalho de advocacia em São Paulo. Emprestei minha mala, a levei ao aeroporto [do Rio] às 5h da manhã e, depois de um mês, 'Tô noiva'", completa.

Pouco antes da viagem dos dois, ela teria comentado que foi "stalkeada" pela produção de um programa de televisão, mas sem dar mais detalhes. "Ela já estava inscrita desde a metade de 2021, esperando tudo se concretizar para sair de casa", acredita Sedano.

"Ela podia seguir a vida dela. Era só falar a verdade, não esperar a oportunidade de ouro. Isso foi muito feio. Em São Paulo, ela falava comigo todos os dias. Se não fosse selecionada para o elenco principal do programa, ela voltaria para casa como se nada tivesse acontecido", concluiu o empresário, usando um emoji de vômito.

Thamara Térez e "Casamento às Cegas Brasil 2"

Nos episódios que foram liberados até esta quarta-feira (4), Thamara realmente citou a tal mensagem comprometedora como motivo do término, mas não falou nada sobre continuar morando com o ex. Ela também mostra ao novo amado, Alisson Hentges, o monte de mensagens que o agora ex-parceiro enviou enquanto ela estava incomunicável (com ele, claro).

Aliás, foi justamente a pedido do noivo que a advogada entrou em contato com Sedano e o informou sobre o possível casamento. "Mais um dia que a mulher que não se rende a chantagem emocional e a tortura psicológica tem que provar seu caráter. Cansada de ter sempre que provar sozinha. Agora, vai ser na Justiça", comentou ela sobre as acusações pelas redes sociais.