Casamento simultâneo da Igreja Universal une mais de 5 mil casais

PAULO GOMES

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Às 20h desta quinta-feira (30), a Igreja Universal do Reino de Deus realizará 5.320 casamentos ao mesmo tempo pelo país.

A cerimônia coletiva ocorre em todos os 26 Estados e no Distrito Federal. Segundo a Universal, é o maior casamento simultâneo já realizado no país -a "Celebração dos Casamentos 2017" terá 35% de casamentos a mais do que a data do ano anterior, quando foram celebrados 3.950 uniões.

Na sede da igreja, o Templo de Salomão, no Brás (centro de São Paulo), 121 casais iniciarão seus matrimônios.

Um deles é formado por Fabio Henrique de Camargo, 31, e Beatriz Ramalho de Camargo, 25. Segundo Beatriz, a opção pela celebração coletiva foi motivada principalmente por motivos financeiros. "Nós já moramos juntos, mas não tínhamos condição de fazer um casamento exclusivo, com festa em buffet", conta.

"A partir dessa oportunidade podemos oficializar e seguir o que é passado pra gente [pela igreja], que o casamento começa com o 'sim' no altar", diz a noiva, que usará um vestido longo branco e rendado. Conforme Beatriz, a igreja orienta os noivos a utilizarem uma vestimenta simples -no caso das noivas, sem cauda, véu ou grinalda, para não ter confusão.

"É um sonho realizado. Acho que qualquer pessoa que frequenta a Universal tem esse sonho de poder casar no Templo de Salomão, de ter um casamento realizado pelo Renato [Cardoso, que conduzirá a cerimônia], por mais que seja um casamento múltiplo. Estamos muito ansiosos", afirma Beatriz.

Junto com a mulher e filha de Edir Macedo, Cristiane Cardoso, o bispo Renato Cardoso escreveu o livro "Casamento Blindado". Os dois apresentam o programa televisivo "The Love School - Escola do Amor" aos sábados