Caseiro diz que Lázaro hospedou-se nos últimos dias na casa de fazendeiro preso

·2 minuto de leitura
Lázaro foi visto em fazenda, diz caseiro - Foto: Divulgação/Polícia Civil
Lázaro foi visto em fazenda, diz caseiro - Foto: Divulgação/Polícia Civil
  • Caseiro disse que vinha encontrando com Lázaro na fazenda do patrão nos últimos dias

  • Ele explicou que recebeu ordens para não deixar a polícia entrar na propriedade

  • Ao questionar o fazendeiro sobre a presença do criminoso, ouviu que "estava sonhando"

Preso sob a acusação de auxiliar Lázaro Barbosa em sua fuga, o fazendeiro Elmi Caetano Evangelista abrigava o criminoso há pelo menos cinco noites. Foi o que disse em depoimento à polícia o caseiro Alain Reis de Santana, caseiro da chácara, também detido na última quinta-feira.

As informações são do G1. De acordo com o site, Alain contou aos agentes que trabalhava na chácara de Elmi há 21 dias e recebeu do fazendeiro na última sexta-feira (18) a ordem para não deixar nenhum policial entrar na propriedade.

Leia também:

Alain explicou ainda que, desde então, vinha encontrando frequentemente com Lázaro na fazenda. Naquela mesma noite, viu o criminoso mancando na área da churrasqueira. O caseiro disse que chegou a questionar o patrão sobre a presença do assassino, mas ouviu que estava “imaginando coisas”.

Dia após dia desta semana, Alain ouviu Elmi chamando Lázaro para almoçar. Na segunda-feira, percebeu que o criminoso estava na propriedade ao sentir que estava faltando leite e pão. E, na última quarta, teria sido ameaçado pelo fugitivo caso contasse algo à polícia.

Polícia parece mais próxima de capturar o criminoso - Foto: Divulgação
Polícia parece mais próxima de capturar o criminoso - Foto: Divulgação

De acordo com o boletim de ocorrência, policiais receberam denúncias de que Lázaro poderia estar em uma chácara da região, mas ao tentarem revistar o local na última quarta, foram barrados por Elmi.

No dia seguinte, equipes voltaram ao local e entraram, mas o criminoso não estava ali. Apesar disso, Alain garantiu que o fazendeiro vinha ajudando Lázaro com alimentação e hospedagem nas últimas noites.

Advogado negou que dupla tivesse ajudado o criminoso

As informações fornecidas por Alain vão de encontro ao que disse o advogado de defesa do caseiro e do fazendeiro, Ilvan Barbosa. Na última quinta-feira, ele garantiu que a dupla não havia tido nenhum contato com Lázaro e afirmou que as prisões “não fazem sentido”.

“O empregado diz que não teve contato nenhum. O patrão mal passa pelo local. Durante a semana, dorme na cidade, vai lá só para alimentar animais. Não faz sentido essa prisão”,declarou, de acordo com o site Metrópoles. “Até agora, o processo só tem o flagrante da suposta arma de fogo, que, na verdade, é de pressão. Isso não pode dar cadeia.”

A polícia apreendeu munições e duas armas com a dupla, sendo que uma delas teria sido roubada por Lázaro durante a onda de crimes cometidos nas últimas semanas. Alain e Elmi vão responder por favorecimento pessoal e posse de arma de fogo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos