Casio, citada em música de Shakira sobre traição, vê ações caírem com patrocínio a Piqué. Investidores estariam ao lado dela?

Uma polêmica envolvendo a cantora Shakira, o ex-jogador Gerard Piqué e as marcas Rolex e Casio gerou muitos burburinhos na semana passada. Depois de a latina lançar uma música em referência à traição sofrida, dizendo que o seu ex-marido trocou um Rolex por um Casio, em alusão à nova namorada do futebolista, a marca foi citada como patrocinadora do torneio Kings League, do qual Piqué é presidente.

Logo no início da transmissão, o ex-jogador mostrou o relógio Casio no pulso, afirmando que a marca japonesa fez um acordo com a competição, provocando risadas de todos no estúdio do streaming.

Crise da Americanas: bancos devem iniciar batalha judicial para liberar cobrança de dívidas

Na Bolsa: Ação da Americanas cai 38,41% e já vale menos que R$ 2

As ações da companhia na Bolsa de Tóquio vêm caindo desde então. No entanto, embora internautas tenham levantado a hipótese de que os papéis se depreciaram após a marca de relógios se associar ao ex-marido de Shakira, analistas dizem que a queda é reflexo da política macroeconômica e não do problema conjugal dos famosos.

— A ação caiu 1,36% no pregão da sexta, enquanto o Nikkei, o principal índice japonês, caiu 1,25%. A diferença é pequena para um dia, o que quase nada representa em termos de volatilidade para uma ação — opina Rodrigo Correa, estrategista chefe e sócio da BRA BS.

The Last of Us: nome da série já é usado para golpes on-line com dados pessoais

Idean Alves, sócio e chefe da mesa de operações da Ação Brasil Investimentos, avalia que a ação de marketing foi uma aposta arriscada:

— Em tempos de mídias sociais, ações de marketing têm um efeito quase que imediato na reputação de uma empresa. Nem sempre o 'falem bem ou falem mal, mas falem de mim' traz bons resultados. Ainda que por um momento, a Casio colocou em risco a reputação dela a associar a sua imagem em uma polêmica de traição, sobre uma pessoa muito querida pelo grande público como a Shakira.

Procurada pelo O GLOBO, a Casio disse que "não comentará o assunto".

Nesta segunda-feira, o índice Nikkei recuou 1,14%, a 25.822 pontos, com preocupações de que o Banco do Japão aperte a política monetária na reunião desta semana. Já as ações da Casio caíram 0,46%.