Caso Baldwin: diretor-assistente de 'Rust' foi demitido de filme em 2019 após membro da equipe ser ferido por arma, diz TV

·1 min de leitura

O diretor assistente do longa-metragem "Rust", Dave Halls, foi demitido da produção do filme "Freedom's Path" em 2019, após um acidente com uma arma que deixou uma pessoa da equipe ferida, disse a empresa Rocket Soul Studios à rede de TV CNN nesta segunda-feira (25).

Dave Halls foi identificado pela polícia como o homem que entregou a arma que matou a diretora de fotografia Halyna Hutchins a Alec Baldwin na gravação do filme "Rust" na quinta-feira (21), e gritou "arma fria". Este é o termo usado na indústria para indicar que a arma era segura.

Em 2019, Dave Halls trabalhava como assistente de direção de "Freedom's Path" quando uma arma "disparou inesperadamente' no set, e fez um membro da equipe de som do filme "se retrair com a explosão", interrompendo a produção.

O profissional de som foi avaliado por um médico no set e encaminhado para um tratamento médico. Ele retornou à produção alguns dias depois. Já Dave Halls foi retirado do set e demitido da produção.

"Halls foi retirado do set imediatamente e a arma cenográfica foi descarregada. A produção não voltou até que Dave estivesse fora do set. Um relatório sobre o incidente foi feito e registrado na época", disse a empresa.

"No final da produção no dia, Dave Halls foi oficialmente demitido e a razão da demissão foi dada a ele. Dave estava muito arrependido pelos acontecimentos, e entendeu o motivo de ser demitido. Um novo assistente de direção, assim como um novo especialista em armas foi contratado para o período principal das filmagens. A produção do filme terminou com sucesso", disse a empresa à CNN.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos