Caso Daniel: filha de assassino marca encontro e combina versão do crime

Allana Brittes combina encontro com testemunhas para combinar versão do crime (Foto: Reprodução/Facebook)

O assassinato do jogador Daniel segue repercutindo. Nesta quinta-feira, segundo informação da RPC, canal de televisão paranaense, afirma que Allana Brittes, filha de Edison Brittes, que já assumiu o assassinato do jogador do São Paulo, marcou encontro com todas as testemunhas para combinar a versão do crime aos policiais.

O canal de televisão teve acesso ao celular de Lucas Mineiro, amigo de Allana Brittes. Nas mensagens, a garota insiste por um encontro com ele e outras testemunhas do caso Daniel no dia seguinte ao crime.

Leia também

As mensagens foram trocadas na noite de 27 de outubro, dia em que o jogador Daniel foi encontrado morto pela manhã. Com isso, o encontro aconteceu no dia 29 de outubro, em um shopping em São José dos Pinhais.

O empresário Edison Brittes já confessou ter matado e alegou que jogador tentou estuprar Cristiana Brittes, sua esposa, em casa. A Polícia Civil e o MP-PR (Ministério Público do Paraná) entendem que não houve tentativa de estupro.

Siga o Yahoo Esportes: Twitter | Instagram | Facebook | Spotify | iTunes