Caso Flordelis: Justiça solta André Luiz Oliveira, um dos três réus absolvidos

Dos três réus absolvidos no julgamento que condenou Flordelis pela morte do pastor Anderson do Carmo, André Luiz Oliveira já foi solto neste domingo. Ele estava detido na Cadeia Pública Patrícia Acioli, em São Gonçalo. A previsão é que Marzy Teixeira e Rayane dos Santos, que também foram absolvidas e estão no Instituto Penal Santo Expedito, em Bangu, sejam soltas nesta segunda-feira.

Marzy e André respondiam por homicídio, tentativas de homicídio e associação criminosa armada. Já Rayane era acusada de homicídio e associação criminosa armada. Os três réus absolvidos são filhos afetivos de Flordelis e Anderson.

Ao todo, o julgamento levou sete dias, um dos mais longos da história fluminense, e a última sessão durou quase 24 horas. A pastora recebeu pena de 50 anos e 28 dias de prisão pelos crimes de homicídio, tentativa de homicídio (por tentativas de envenenar a vítima), uso de documento falso (pelo plano de uma carta fraudada) e associação criminosa armada.

Além de Flordelis, foi condenada sua filha biológica Simone dos Santos Rodrigues. Ela recebeu pena de 31 anos e 4 meses de prisão pelos crimes de homicídio, tentativa de homicídio e associação criminosa armada.