Caso Henry: Jairinho e Monique serão interrogados novamente em junho

RIO — O juiz Daniel Werneck Cotta, em exercício no II Tribunal do Júri, marcou para às 9h30 do dia 1o de junho os novos depoimentos do médico e ex-vereador Jairo Souza Santos Júnior, o Jairinho, e da ex-namorada dele, a professora Monique Medeiros da Costa e Silva, no processo em que os dois são réus pela morte do filho dela, Henry Borel Medeiros, em 8 de março de 2021. Na mesma audiência, ainda serão ouvidos o perito legista Leonardo Huber Tauil, que assinou o laudo de necropsia do menino, atestando que ele sofreu hemorragia interna e laceração hepática, provocada por ação contundente; e o assistente técnico Sami El Jundi, contratado pelos advogados do ex-parlamentar.

No último dia 22 de março, desembargadores da 7ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio acolheram o pedido de Jairinho e determinaram que fosse marcado o depoimento de Leonardo Huber Tauil e dos assistentes técnicos indicados.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos