Caso Henry: veja o que acontece com Jairinho e Monique após indiciamento; Dupla pode ser condenada a 30 anos

A Polícia Civil do Rio indiciou nesta segunda-feira, dia 3 de maio, o médico e vereador Jairo Souza Santos Júnior, o Dr. Jairinho (sem partido), e a professora Monique Medeiros da Costa e Silva pela morte do menino Henry Borel Medeiros, de 4 anos. Eles responderão pelo crime de homicídio duplamente qualificado (emprego de tortura e impossibilidade de defesa da vítima).