Caso João Pedro: RJ pagará indenização de R$ 808 por mês à família

João Pedro Matos Pinto, 14 anos
João Pedro Matos Pinto, 14 anos

O Estado do Rio de Janeiro terá que pagar uma pensão indenizatória à família do adolescente João Pedro Matos Pinto, morto aos 14 anos com um tiro de fuzil durante operação das polícias Civil e Federal no Complexo do salgueiro, em 18 de maio de 2020. A informação é do portal g1.

A Justiça determinou que o estado deverá incluir "imediatamente" os pais de João Pedro na folha de pagamento mensal e pagar 2/3 do salário mínimo aos parentes, ou seja, R$ 808 mensais.

O valor deve ser dividido igualmente entre a mãe e o pai até o dia em que João Pedro completaria 25 anos.

Depois, o Estado deverá pagar 1/3 do salário mínimo —o equivalente a R$ 404 —aos pais até a data em que o menino completasse 65 anos.

"A minha família ainda não teve a resposta que a gente esperava. Nós sabemos que nenhum valor é suficiente para reparar a dor que nós sentimos todos os dias, mas já é alguma coisa", disse Neilton Pinto, pai de João Pedro, segundo informações da Defensoria Pública.

"Mesmo com toda a tristeza, estamos felizes pelo Estado ter reconhecido a responsabilidade pela morte do João, isso é muito importante para nós", acrescentou.