TSE inclui processo de candidatura de Lula na pauta desta sexta

REUTERS/Adriano Machado

O processo de registro da candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi incluído na pauta de julgamentos da sessão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).  A sessão desta sexta começa às 14h30.

O TSE informou que o relator do processo, o ministro Luis Roberto Barroso, levará a julgamento a análise em definitivo sobre a candidatura de Lula, e não apenas os pedidos de decisão liminar (provisória) feitos pela Procuradoria Geral da República (PGR) e pelo partido Novo. A PGR e o Novo querem excluir Lula do horário eleitoral e impedir sua participação na campanha.

Ter Lula na propaganda de TV fará toda diferença para que Fernando Haddad, vice na chapa, seja reconhecido como representante do líder petista e receba seus votos caso venha a substituí-lo.

Enquanto Lula teve 39% das intenções de voto no último Datafolha, liderando a corrida, Haddad teve 4% no cenário em que foi apresentado como candidato do PT. O ex-prefeito de São Paulo ainda é desconhecido por 41% do eleitorado.

A candidatura dele foi contestada em 16 impugnações. Pela Lei da Ficha Limpa, o petista está inelegível, já que foi condenado em segunda instância por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

As sessões do TSE podem ser acompanhadas pelo público em Brasília ou por meio da internet.

Reprodução