Caso Miguel: Sari é denunciada por abandono de incapaz com resultado de morte

Giorgia Cavicchioli
·2 minuto de leitura
Sari era patroa da mãe de Miguel. Foto: Reprodução/TV Globo
Sari era patroa da mãe de Miguel. Foto: Reprodução/TV Globo

O MP-PE (Ministério Público de Pernambuco) denunciou à Justiça, nesta terça-feira (14), a primeira-dama de Tamandaré, Sari Corte Real, por abandono de incapaz com a morte do menino Miguel Otávio Santana da Silva como resultado. Além disso, também foi colocado como agravante o crime ter acontecido "em meio à conjuntura de calamidade pública", por conta da pandemia de coronavírus.

O juiz da 1ª Vara de Crimes contra a Criança e o Adolescente da Capital, José Renato Bizerra, recebeu a denúncia ainda na noite desta terça. O magistrado alega "indícios de autoria e materialidade do delito, conforme se extrai do inquérito policial, bem como a legitimidade do Ministério Público para propor a ação".

Leia também:

De acordo com a denúncia, na tarde de 2 de junho de 2020, Sari agiu dolosamente (com intenção) quando abandonou Miguel, que tinha apenas 5 anos de idade, nas dependências do prédio. Segundo o MP, por ele estar sob sua vigilância naquele momento, ela deveria ter cuidado dele. Além disso, a denúncia diz que essa falta de cuidado dela ocasionou o evento da morte do menino.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Miguel era filho de Mirtes Renata Santana de Souza, que trabalhava como empregada doméstica na casa de Sari e que tinha saído naquele momento para caminhar com a cachorra da família da patroa. Nesse período, portanto, o menino esta sob os cuidados da primeira-dama, que deixou o menino subir sozinho no elevador.

De acordo com a denúncia, Miguel ficou desesperado e queria procurar a mãe, o que fez com que ele entrasse e saísse do elevador diversas vezes para tentar encontrá-la. Em alguns momentos, Sari conseguiu convencer o menino a sair do elevador. No entanto, em determinado momento ela desistiu e deixou que ele subisse sozinho até o nono andar do edifício. No local, o menino acabou despencando e morrendo.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.