Casos de coronavírus nos EUA sobem e alimentam temores de novo pico

·1 minuto de leitura
Mulheres andam de máscaras em Los Angeles

Por Maria Caspani

NOVA YORK (Reuters) - Um aumento rápido no número de casos de coronavírus nos Estados Unidos e no exterior está alavancando os temores de uma ressurgência da pandemia e abalando o mercado financeiro, conforme a variante Delta, altamente contagiosa, toma conta do cenário e a vacinação patina em diversos Estados.

Por conta de surtos em partes dos EUA com baixas taxas de vacinação, o número de novos casos, hospitalizações e mortes por conta da Covid-19 tem aumentado nos últimos dias.

As vacinas funcionam contra a variante Delta, mas os testes laboratoriais mostram que elas são menos eficientes do que eram contra a forma original do coronavírus.

Estudos também mostraram que duas doses da vacina da Pfizer/BioNTech e da AstraZeneca são muito mais eficientes do que uma contra a infecção pelo vírus, evidenciando a importância da imunização completa.

Preocupações de que novas altas possam desestabilizar a recuperação econômica derrubaram o índice Dow Jones em mais de 2% nesta segunda-feira.

Em um discurso sobre a economia norte-americana, o presidente Joe Biden afirmou que a retomada depende do controle da pandemia. Biden afirmou que quatro Estados com baixas taxas de vacinação representaram 40% do total de casos na semana passada.

"Então, por favor se vacinem", disse Biden. "Tomem a vacina agora."

A média de novos casos da Covid-19 por dia triplicou nos últimos 30 dias nos Estados Unidos, de acordo com uma análise de dados da Reuters. No período de um mês desde 18 de junho até domingo, a marca subiu de 12.004 para 32.136.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos