Casos de covid-19 aumentam mais de 50% na América Central, diz Opas

Amostra de sangue é colhida na Colômbia para realização de teste rápido (AFP/LUIS ROBAYO) (LUIS ROBAYO)

Os casos de covid-19 aumentaram mais de 50% na América Central na semana passada e em toda a região em geral, embora menos pronunciados, exceto na América do Sul, informou a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) nesta quarta-feira (4).

Em comparação com a semana passada, os casos "continuaram aumentando na América Central esta semana em 53,4% e três de sete países registraram aumentos, embora as mortes continuem diminuindo", afirmou Carissa Etienne, diretora da Opas, em coletiva de imprensa virtual.

Em toda a região das Américas, as novas infecções aumentaram 12,7% e as mortes caíram menos de 1%. No Caribe, porém, as mortes aumentaram 39,6% pela terceira semana consecutiva, em comparação com os sete dias anteriores.

Por outro lado, o número de novos casos em países como México e em geral na América do Sul diminuiu (-8%).

Dado o impacto da pandemia na saúde mental nas Américas, a Opas lançará nesta sexta-feira (6) uma comissão de alto nível para analisar esse fenômeno, que afetou a população como um todo e em particular os trabalhadores da saúde, como os enfermeiros.

Para 2030, a região das Américas "precisará de 1,8 milhão de enfermeiros adicionais", informou Etienne.

Os Estados Unidos precisarão de mais 1,2 milhão de enfermeiros em sua força de trabalho e o Canadá 60.000 para 2025, acrescentou.

erl/yow/aa

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos