Casos de Covid-19 aumentam nos EUA, quase todos entre não vacinados

·1 minuto de leitura
Mulher deixa hospital em Nova York

Por Carl O'Donnell e Jeff Mason

(Reuters) - Os casos de Covid-19 nos Estados Unidos subiram cerca de 11% em relação à semana anterior, quase todos entre pessoas que não foram vacinadas, disseram autoridades nesta quinta-feira, à medida que a altamente infecciosa variante Delta se torna a linhagem predominante da Covid-19 no país.

Cerca de 93% dos casos de Covid-19 dos últimos dias surgiram em condados com índices de vacinação de menos de 40%, disse Rochelle Walensky, diretora do Centro para Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC), em uma entrevista coletiva.

Dados preliminares de meses recentes indicam que 99,5% das mortes de Covid-19 ocorreram em pessoas não vacinadas, acrescentou.

"Colocando simplesmente: em áreas de cobertura de vacinação baixa, casos e hospitalizações sobem", disse Walensky.

No início desta semana, o CDC disse que a variante Delta da Covid-19 se tornou a linhagem predominante nos EUA. A variante, que é altamente contagiosa, também se torna predominante em outros países de todo o mundo.

Os casos de Covid-19 estão disparando em condados que representam nove milhões de pessoas, segundo Walensky.

"Taxas de vacinação baixas nestes condados, somadas a taxas altas de casos e políticas de mitigação frouxas que não protegem os que não estão vacinados da doença, certa e tristemente levarão a mais sofrimento desnecessário", disse.

Os principais índices de Wall Street caíram nesta quinta-feira, já que a disseminação da variante Delta provoca dúvidas sobre uma recuperação econômica.

(Reportagem adicional de Susan Heavey)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos