Casos de coronavírus no Brasil em 3 de abril

(Foto: Reuters / Amanda Perobelli

O Ministério da Saúde atualizou para 359 o número de mortes em decorrência do novo coronavírus no Brasil nesta sexta-feira (3). Ao todo, também foram confirmados 9.056 casos da Covid-19 no país.

Principais notícias sobre coronavírus no Brasil

Datafolha: Saúde tem dobro da aprovação de Bolsonaro

Pesquisa Datafolha divulgada na tarde desta sexta-feira (03) aponta que a aprovação do Ministério da Saúde é hoje o dobro da avaliação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). De acordo com o instituto, a pasta é aprovada por 76% da população, enquanto o presidente recebeu aprovação de 33%. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Isolamento social atingiu pico de quase 70% no Brasil

A partir de uma base de dados com cerca de 60 milhões de dispositivos móveis de todo o Brasil, uma empresa de segurança da informação e antifraude criou um índice de isolamento social. A ferramenta permite mapear a movimentação de pessoas dia a dia, o que pode ajudar na elaboração de ações preventivas de combate a pandemia do novo coronavírus. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Covid-19: Dados de celular ajudarão monitoramento

O governo federal anunciou que irá usar dados de geolocalização de celulares para enfrentar a pandemia do novo coronavírus. As operadores Algar, Claro, Oi, Tim e Vivo vão fornecer esses dados para o Ministério da Ciência e Tecnologia. Ainda não há data para começar esse monitoramento. O ministro Marcos Pontes havia postado no Twitter vídeo explicando essa nova prática, mas depois o apagou. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Principais notícias sobre coronavírus no mundo

Coronavírus: EUA registram 1.169 mortes nas últimas 24h

Nas últimas 24h, os Estados Unidos bateram um recorde que todo o planeta vem tentando evitar. Foram registradas 1,169 mortes em apenas um dia, de acordo com contagem realizada pela Universidade Johns Hopkins. Esse índice é o recorde de óbitos em um único dia em todo o planeta desde que a pandemia do novo coronavírus se iniciou. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Coronavírus pode ser um 'novo' 11 de Setembro?

A pandemia de coronavírus mergulhou o mundo em território inexplorado e deixou as pessoas desamparadas diante de uma ameaça de duração desconhecida que pode infectar qualquer um. Durante o surto que gera incerteza e está causando uma profunda crise econômica, social e de saúde, um exército de terapeutas ajuda as pessoas a lidar com as brutais consequências psicológicas da pandemia. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Pandemia de Covid-19 pode custar US$ 4 trilhões ao mundo

O impacto da pandemia de coronavírus na economia mundial pode atingir entre 2 e 4,1 trilhões de dólares, ou seja, entre 2,3% e 4,8% do Produto Interno Bruto (PIB), afirmou nesta sexta-feira (3) o Banco Asiático de Desenvolvimento (ADB). É uma estimativa que poderia ser maior, porque não inclui "possíveis crises sociais e financeiras, nem os efeitos a longo prazo sobre os sistemas de saúde e educação" da pandemia. LEIA A MATÉRIA COMPLETA