Número de casos confirmados de chicungunha no norte do Paraguai sobe para 12

Assunção, 4 mai (EFE).- O Ministério de Saúde Pública do Paraguai confirmou nesta sexta-feira que o número de casos confirmados de chicungunha na cidade de Pedro Juan Caballero, no norte do país, perto da fronteira com o Brasil, subiu para 12.

Nos últimos sete dias, as autoridades registraram um aumento significativo dos casos. No fim de abril, eram apenas cinco. Além disso, são seis que ainda precisão de confirmação.

Ao longo do ano, segundo o governo do Paraguai, já são 13 os casos confirmados da doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, que também é vetor da dengue e do vírus da zika.

Dez pessoas já morreram no Paraguai neste ano por causa da dengue. Quanto ao vírus da zika há apenas dois casos confirmados.

O Ministério de Saúde Pública confirmou no fim de abril a preocupação com número de casos de doenças relacionadas ao Aedes aegypti no país. Dados obtidos pelo órgão apontavam para a existência de 742 mil criadores do mosquito apenas em Assunção.

O Senado aprovou em meados de março o estado de emergência sanitária nacional por um prazo de 90 dias por causa do aumento dos casos de dengue, com 2.693 confirmados até o fim de abril.

O Paraguai sofreu em 2013 a pior epidemia de dengue da história, com 150 mil casos registrados e 252 mortos em um país de 6,7 milhões de habitantes. EFE