Castelo de Balmoral é um dos locais favoritos da rainha Elizabeth

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O castelo de Balmoral, residência de verão na Escócia da rainha onde ela está sob supervisão médica no momento, é um de seus lugares favoritos, segundo a imprensa britânica.

Todo verão ela viaja para a propriedade situada a 80 quilômetros da cidade de Aberdeen, no estado de Balmoral, com membros de sua família.

Geralmente, a rainha fica no castelo de agosto a outubro. Neste ano, ela foi no dia 21 de julho, e foi lá que ela empossou Liz Truss como primeira-ministra -a primeira vez em seu reinado que ela realizou a audiência na Escócia.

O castelo está na família há gerações desde 1852, quando foi comprado pelo príncipe Albert como um presente para a rainha Vitória.

Segundo o jornal britânico The Guardian, a princesa Eugenie, neta da rainha, certa vez descreveu Balmoral como uma "base adorável para a vovó e o vovô" e um lugar para "ter espaço para respirar e correr".

"Passeios, piqueniques, cachorros -muitos cachorros, sempre há cachorros- e pessoas entrando e saindo o tempo todo", disse ela.

Churrascos familiares costumavam ser realizados lá, com o falecido príncipe Phillip, marido de Elizabeth, cozinhando e a rainha lavando a louça.

Após o casamento em 1947, eles passaram parte da lua de mel em Birkhall, um pavilhão de caça na propriedade.

Ainda segundo o Guardian, a rainha estava hospedada lá com seus netos William e Harry quando sua mãe, a princesa de Gales, morreu em Paris, em 1997.

Em Balmoral, os membros da realeza "agem como pessoas normais -até certo ponto", disse Lord Lichfield, um ex-fotógrafo da família, em 1972. "O almoço é sempre ao ar livre e eles estão lá fora todos os dias em expedições."