Catar é eliminado e registra pior campanha de um anfitrião na história da Copa do Mundo

A derrota do Catar para Senegal aliado ao empate entre Holanda e Equador determinou o fim da passagem dos donos da casa nesta Copa do Mundo. E com um retrospecto bem negativo: os cataris se tornaram o pior anfitrião da história dos Mundiais.

O Catar se tornou apenas o segundo país-sede a ser eliminado na fase de grupos da Copa do Mundo. O primeiro foi a África do Sul, em 2010. Dessa forma, estas seriam as duas piores campanhas da história de um país-sede.

Ainda assim, a África do Sul teve desempenho melhor e conquistou quatro pontos na fase de grupos, incluindo uma vitória sobre a França. A seleção acabou em terceiro lugar do Grupo A, atrás de Uruguai e México.

Mesmo que vença a Holanda na última rodada, o Catar acabará a participação na Copa com três pontos, no máximo. É possível também que o país-sede termine o torneio com pontuação zerada.