Catari vence Rally Dakar pela 5ª vez, argentino Benavides ganha nas motos

(Reuters) - O catari Nasser Al-Attiyah venceu o Rally Dakar pela quinta vez neste domingo, enquanto o piloto argentino da KTM Kevin Benavides triunfou na categoria de motocicletas para conquistar seu segundo título.

Al-Attiyah, atual campeão da Toyota com copiloto francês Mathieu Baumel, terminou a etapa final em Dammam, na costa do Golfo Pérsico, com uma hora e 20 minutos de vantagem sobre o francês Sébastien Loeb, multicampeão mundial de rali.

O catari, que liderava desde a terceira etapa, agora ocupa o segundo lugar na lista de vencedores de todos os tempos na categoria de carros, atrás do octacampeão Stéphane Peterhansel, da França.

Peterhansel, "Mr. Dakar", também ganhou a coroa do motociclismo seis vezes.

"Tem sido um Dakar muito difícil para todos, mas voltamos a vencer. É incrível defender nosso título. Estou feliz por ter vencido cinco vezes e Mathieu quatro", disse Al-Attiyah.

O brasileiro Lucas Moraes terminou em terceiro lugar geral em uma Toyota Hilux para a Overdrive Racing.

Nas motos, Benavides superou o australiano Toby Price, também bicampeão do Dakar, por 43 segundos após vencer o sprint final. O americano Skyler Howes terminou em terceiro lugar geral para a equipe de trabalho da Husqvarna.

O francês Alexandre Giroud conquistou o título de quadriciclos pelo segundo ano consecutivo, enquanto o holandês Janus Van Kasteren venceu a categoria de caminhões em seu Iveco, encerrando uma série de sucessos da Kamaz desde 2017.