CATL planeja produzir baterias para carros elétricos nos EUA, dizem fontes

CATL planeja produzir baterias para carros elétricos nos EUA, dizem fontes

(Substitui no último parágrafo para bilhão, em vez de mil milhões)

Por Christoph Steitz e Ben Klayman

(Reuters) - A CATL, maior fabricante de baterias do mundo, está em fase final de testes nos Estados Unidos para atender veículos elétricos, o que seria a primeira produção da chinesa no segundo maior mercado de automóveis do mundo, disseram fontes à Reuters.

A empresa negocia para abrir fábricas que atenderiam BMW e Ford. Os potenciais locais de instalação incluem os Estados da Carolina do Sul e do Kentucky, onde essas montadoras têm unidades de produção, disseram duas fontes à Reuters, sob condição de anonimato.

No caso da potencial fábrica da Carolina do Sul, o objetivo seria para começo da produção de baterias em 2026, disse uma das fontes. A CATL não quis comentar.

O presidente da empresa Zeng Yuqun disse na véspera que a empresa está explorando possibilidades de localizar a produção para montadoras estrangeiras em seus países.

Ele disse que a CATL iniciou a produção em massa de baterias para for a da China em 2021 e quer se firmar como maior fornecedora de baterias no exterior na próxima rodada de pesquisa de fornecedores, que ele disse que começa em 2026.

A consideração do investimento em baterias pela CATL ocorre enquanto o governo norte-americano lança medidas para incentivar investimentos em veículos elétricos. Outros fabricantes de baterias asiáticos se preparam para construir fábricas nos EUA.

A CATL abrirá sua primeira fábrica de baterias fora da China neste ano na Alemanha, para atender a BMW e outras montadoras. A CATL vai investir 1,8 bilhão de euros nessa fábrica.

(Por Zhang Yan, Christoph Steitz e Ben Klayman)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos