CBF anuncia que seleção estreará novo uniforme e novo escudo em novembro

Pedro José Domingues
·2 minuto de leitura

O presidente da CBF, Rogério Caboclo, anunciou ontem (23), antes da convocação de Tite, que a seleção estreará o novo uniforme e escudo já na próxima partida das eliminatórias, contra a Venezuela no Morumbi.

A estreia estava prevista para a Copa América desse ano, porém, por conta da pandemia do novo coronavírus, a competição foi adiada para 2021. Além disso, o lançamento das peças da seleção brasileira também foi adiado por conta do pedido de ajustes no uniforme por parte da CBF

O novo uniforme homenageia a conquista do tricampeonato da Copa do Mundo de 1970, que completou 50 anos nesse ano. Em referência ao mesmo uniforme utilizado na época, as golas serão redondas e um pouco mais grossas que o comum.

O primeiro e segundo uniforme da seleção, terão detalhes geométricos, trazendo uma modernidade em um uniforme clássico - no primeiro, apenas na gola, no segundo, a camisa toda.

Além da referência na gola, a parte de trás da camisa conta com o número 70, em uma fonte semelhante ao padrão utilizado naquela Copa do México.

Outra grande novidade é o novo desenho do escudo da CBF. Essa é a décima quinta alteração na logomarca da entidade na história, e a maior mudança desde a inclusão das últimas estrelas.

O novo escudo conta com traços mais modernizados e cores mais vivas, mas sem alterar muito a identidade anterior.

Para mais detalhes da nova "amarelinha", clique aqui.