CBF pensa em Fernando Diniz como sucessor de Tite, diz jornal

Nome de Fernando Diniz tem circulado nos bastidores da entidade máxima do futebol nacional.
Nome de Fernando Diniz tem circulado nos bastidores da entidade máxima do futebol nacional. Foto: (Wagner Meier/Getty Images)

Sensação na Série A do Campeonato Brasileiro por seu trabalho à frente do Fluminense, que também disputa uma das semifinais da Copa do Brasil, o técnico Fernando Diniz foi apontado como o sucessor de Tite na Seleção Brasileira, de acordo com o jornal Marca, da Espanha.

Segundo a publicação do periódico especializado em esportes, o plano A da cúpula da CBF seria o espanhol Pep Guardiola, que comanda o Manchester City, da Inglaterra, mas suas enormes demandas teriam diminuído as esperanças da entidade máxima do futebol nacional em contar com o primeiro estrangeiro na casamata da Seleção Canarinho. A proposta para Guardiola seria um contrato de 2023 até 2026, após a Copa do Mundo, com salário de 12 milhões de euros limpos por ano, cerca de R$ 62 milhões na cotação atual, algo, ainda, abaixo do que o treinador recebe no clube inglês.

Leia também:

Já com a certeza de que Tite e sua comissão técnica não seguirão o trabalho que vem sendo conduzido na Seleção Brasileira desde o ano de 2016, a CBF já abre negociações e estudos para encontrar um substituto à sua altura.

Bem quisto por parte do atual elenco da Seleção Brasileira, Fernando Diniz foi alvo de elogios por parte do camisa 10, Neymar Júnior, recentemente, quando o craque brasileiro utilizou seu perfil oficial no Twitter para dizer que: "Gosto muito do Diniz como treinador, uma pena que no Br não dão tempo suficiente.", fazendo crítica à tradição que clubes brasileiros têm de demitir treinadores quando resultados imediatos não são atingidos.