CBF quer teste de integridade para presidentes de clubes e federações

A CBF quer instituir uma nova regra para quem for assumir a presidência de clubes e federações: quer que o eleito apresente um teste de integridade à confederação. A prática já é exigida pela Fifa e pela Conmebol.

Leia: Presidente da CBF ameniza temperatura em ligação para Landim, do Flamengo

A portaria está sendo debatida pelo jurídico da CBF e deve ser publicada em setembro.

Notícias em primeira mão: entre no canal do Panorama Esportivo no Telegram

Na prática, candidatos a presidente e vice eleitos que tenham problemas com a Justiça e tenha condenações transitado em julgado, ou seja, sem a possibilidade de recurso, não podem assumir os cargos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos