CCBB lança novo espaço digital com conteúdo inédito sobre a história do centro histórico

·4 minuto de leitura

RIO — Na data em que se comemora o Dia Nacional do Patrimônio Cultural, o Centro Cultural Banco do Brasil, um dos principais centros históricos do país, lança o site "CCBB Educativo – Patrimônio & Memória", espaço digital com passeios sonoros e conteúdos inéditos que valorizam a memória e o patrimônio cultural do CCBB.

O site apresenta ao público carioca audioguias com quatro episódios e audiovisuais sobre a história do prédio do CCBB Rio, visitas mediadas on-line e materiais educativos voltados para crianças, famílias e estudantes, sobre a importância do centro cultural para a cidade do Rio de Janeiro e arredores.

Os passeios sonoros podem ser escutados a distância ou nos próprios centros culturais, com a possibilidade de pausar, adiantar e retornar trechos da faixa ou ainda migrar para outras faixas. Na sequência de áudios (disponíveis aqui) sobre a construção secular, o público é convidado a experimentar uma caminhada ao redor do prédio, imaginando como as esquinas se transformaram durante os séculos. Os audiovisuais podem ser conferidos neste link.

O prédio foi inaugurado pelo Centro Cultural Banco do Brasil em 12 de outubro de 1989. Antes, as reformas e a expansão do banco tornaram o imóvel uma das mais emblemáticas construções financeiras do Brasil até o ano de 1960. Pelo valor histórico, artístico e cultural, o edifício foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Muitas curiosidades sobre o centro histórico do Rio de Janeiro. Em tempos de PIX, que tal conhecer uma moeda de dois mil anos? É o que adianta Sueli Voltarelli, gerente geral do CCBB Rio de Janeiro:

— O visitante poderá descobrir que, inicialmente, só tinham dois andares neste prédio, quando aqui abrigava a sede do Banco do Brasil, na época em que o Rio de Janeiro era a capital do país. Já na Galeria de Valores, o visitante que hoje utiliza o PIX poderá ver uma moeda de dois mil anos. Outra curiosidade que é abordada está no detalhe do rosto esculpido no lustre, que representa o Deus do comércio da Grécia antiga. Uma grande oportunidade para viajar no tempo e conhecer mais sobre a história da nossa cidade.

Entre as múltiplas propostas formativas e espaços de reflexão e diálogo do Programa CCBB Educativo, em atividade desde 2018, foram desenvolvidas estratégias e tecnologias educativas para lidar com os variados aspectos do acesso e da diversidade.

As ações se destinam a todos os públicos, incluindo a comunidade escolar, educadores, pessoas com deficiência, famílias, organizações não-governamentais, movimentos sociais, profissionais dos campos da arte, da cultura e demais interessados.

— Somos inspirados por cada CCBB, por seus edifícios históricos e suas coleções, que nos trazem histórias e nos provocam reflexões importantes, a partir desses bens preservados de nossa cultura — diz Mateus Mesquita, coordenador de programação do CCBB Educativo.

As visitas patrimoniais oferecem ao público uma breve abordagem sobre a construção do edifício do CCBB RJ, seus espaços, edifícios e arredores, os usos que ele teve no passado e como se transformou em um centro cultural que hoje recebe grandes obras de arte do mundo todo.

Já nas visitas patrimoniais on‑line, o público conhece as exposições permanentes no CCBB RJ. Uma delas é "O Banco do Brasil e sua História”, que conta a história da moeda no Brasil e no mundo, desde sua origem até os dias de hoje.

A outra é “Centro Cultural Banco do Brasil e a cidade do Rio de Janeiro” - um percurso para conhecer a história do CCBB Rio de Janeiro, explorando aspectos de sua arquitetura, em diálogo com seu território e os elementos que integram seus espaços e que constituem um importante patrimônio das artes e cultura no país.

As visitas virtuais são oferecidas para escolas e outras instituições, em grupos de dez a 45 pessoas. Para o agendamento, é preciso entrar em contato pelo email visitasonline@ccbbeducativo.com

O CCBB RJ funciona de quarta a segunda (fecha terça), das 9h às 18h. A entrada do público é permitida apenas com agendamento on-line (eventim.com.br). Além disso, há fluxo único de circulação, medição de temperatura, uso obrigatório de máscara, disponibilização de álcool gel e sinalizadores no piso para o distanciamento. Nos teatros e cinemas a capacidade está reduzida para 40%.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos