CCJ do Senado aprova recondução de Aras e votação no plenário ocorre ainda nesta terça

·1 minuto de leitura
O procurador-geral da República, Augusto Aras, e o presidente Jair Bolsonaro (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)
O procurador-geral da República, Augusto Aras, e o presidente Jair Bolsonaro (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)
  • Plenário do Senado analisa, ainda nesta terça-feira (24), a indicação do procurador-geral da República, Augusto Aras

  • A recondução de Aras foi aprovada na comissão de Constituição e Justiça por 21 votos a 6

  • Caso o plenário dê aval, o procurador-geral irá permanecer por mais dois anos no cargo

O plenário do Senado analisa, ainda nesta terça-feira (24), a indicação do procurador-geral da República, Augusto Aras, para que permaneça por mais dois anos no cargo.

A recondução de Aras foi aprovada na comissão de Constituição e Justiça por 21 votos a 6 após cerca de seis horas de sabatina.

Durante a sessão do colegiado, o procurador-geral criticou o que chamou de "pessoalização" das forças-tarefas do Ministério Público. O modelo é adotado, por exemplo, pela operação Lava Jato.

Leia também:

"O modelo das forças-tarefas com pessoalização culminou em uma série de irregularidades que vieram a público, tais como os episódios revelados na Vaza Jato, a frustrada gestão de vultosas quantias arrecadadas em acordos de colaborações e em acordos de leniência, por meio de fundos não previstos em lei", criticou.

Aras também respondeu aos questionamentos dos senadores sobre a atuação da PGR diante das atitudes do presidente Jair Bolsonaro em relação à pandemia de covid-19 e também aos ataques que tem feito à Constituição.

Ele afirmou que não é um "censor", mas um "o fiscal de condutas ilícitas dentro da legalidade". "Se eu me meter no discurso político, olha a ideia de um censor. Eu me tornaria um censor da política, e eu não sou um censor. Eu sou o fiscal de condutas ilícitas dentro da legalidade, dentro da norma", destacou. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos