CDC dos EUA pede mais vacinações contra Covid entre mulheres grávidas

·1 minuto de leitura
Edifício do CDC em Atlanta

(Reuters) - O Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos emitiu nesta quarta-feira um alerta de saúde pedindo o aumento das vacinações contra a Covid-19 entre mulheres grávidas, que deram à luz recentemente ou que estão tentando engravidar, para prevenir casos graves e morte pelo vírus.

O CDC disse que seus dados mostram que apenas 31% das gestantes foram vacinadas contra a Covid-19. Embora mais grávidas estejam vacinadas agora, o CDC disse que a imunização de mulheres grávidas tem sido menor em comparação com a população em geral.

A agência de saúde disse em agosto que grávidas deveriam ser vacinadas contra o coronavírus, com base em uma nova análise que mostrou que a vacinação não apresentou um risco maior de aborto espontâneo.

O CDC disse que além dos riscos de casos graves e morte decorrentes da Covid-19 para grávidas, existe um risco maior de parto prematuro.

A agência de saúde, em seu comunicado mais recente, citou dados que mostram que cerca de 97% das gestantes hospitalizadas com coronavírus não haviam sido vacinadas.

(Por Manas Mishra em Bengaluru)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos