Cebolinha segue na mira de Everton e Dortmund para próxima janela, diz site

Mesmo com o futebol parado por conta da pandemia do novo coronavírus, o nome de Everton Cebolinha segue despertando interesse de clubes europeus. O Borussia Dortmund, da Alemanha, manteve contato com o staff do atacante, assim como o Everton, da Inglaterra.

De acordo com as informações, divulgadas pelo globoesporte.com, Carlo Ancelotti, treinador do clube inglês, já havia manifestado interesse em contar com o jogador do Grêmio em janeiro, e reforçou agora seu desejo de contratar o brasileiro para fazer dupla de ataque com Richarlison - o camisa 7, inclusive, já fez até campanha para a chegada de seu compatriota. Com isso, o time de Liverpool também monitora de perto a situação e mantém contato com pessoas próximas ao jogador. 

Sabendo da concorrência, o Borussia Dortmund pretende se adiantar para vencer seu rival nessa disputa. Mesmo com o futebol paralisado, os alemães retomaram as atividades nesta semana e devem seguir de olho no mercado. Everton chegaria provavelmente para o lugar de Jadon Sancho. 

Elogiado por Neymar, o jovem inglês é uma das sensações do futebol europeu e deve deixar o Borussia na próxima janela de transferências. Contando com a venda do jogador, o time alemão planeja ter um aporte que gira em torno de 150 milhões de euros (cerca de R$ 855 milhões na cotação atual) para novas contratações.

Enquanto isso, o Grêmio faz uma avaliação para medir os os impactos financeiros causados pelo novo coronavírus. Antes da pandemia, o orçamento calculado para o ano de 2020 já previa a venda de atletas para o balanço fechar no azul. Com a nova crise, pode ser que o clube aceite negociar seu melhor jogador por quantias inferiores.

“O Grêmio vai readequar o seu orçamento. Não vai ficar com o mesmo orçamento. Claro que terão outras medidas que vão compensar essas janelas. Nessas situações, a gente acredita que poderá acontecer algum negócio, mas não serão os que normalmente acontecem. Não sei se os patamares serão os mesmos, não sei o que irá acontecer. Se acontecer algum negócio, está imponderável”, explicou Romildo Bolzan Jr., presidente do tricolor gaúcho, à RBS TV.

Recentemente, Napoli, Milan e Atlético de Madrid mostraram interesse em contratar Cebolinha, mas os valores foram considerados baixos e as conversas não evoluíram. Everton tem contrato com o Grêmio até dezembro de 2023 com uma multa rescisória de 120 milhões de euros para o mercado externo (mais de R$ 680 milhões).