Papa Francisco escreve recado a Lula em livro entregue por Celso Amorim

CATIA SEABRA
Segundo Celso Amorim, Papa estaria acompanhando a situação de Lula com preocupação. ANDREAS SOLARO/AFP/Getty Images

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ex-ministro da Defesa e Relações Exteriores Celso Amorim foi recebido pelo papa Francisco nesta  quinta-feira (2). Ele estava acompanhado pelo ex-ministro argentino Alberto Fernández e o ex-ministro chileno Carlos Ominami. 

O encontro fora da agenda oficial do papa foi realizado em sua residência, a Casa Santa Marta. Procurados, os porta-vozes do Vaticano afirmaram que não comentam encontros pessoais do pontífice. 


A assessoria do PT divulgou fotos do encontro na página oficial do ex-presidente Lula. Segundo Amorim, o encontro durou cerca de uma hora e o assunto prioritário do encontro foi a situação política e jurídica de Lula, da América do Sul e do Brasil. 

"O Papa recebeu um exemplar em italiano do livro 'A verdade vencerá', de Lula, e enviou uma mensagem espiritual ao ex-presidente. Francisco disse que continuará acompanhando com interesse a situação do Brasil", relata a página.