Celta de preto? Malas não chegam e espanhóis improvisam no México

Uniformes do Celta chegaram minutos antes da partida amistosa diante do Pumas. Foto: Agustin Cuevas/Getty Images
Uniformes do Celta chegaram minutos antes da partida amistosa diante do Pumas. Foto: Agustin Cuevas/Getty Images

Nesta quarta-feira (13), Pumas UNAM e Celta de Vigo se enfrentaram no Estádio Olímpico Universitário, na Cidade do México, em um amistoso internacional. O placar de 1 a 1 entre os mexicanos e espanhóis ficou em segundo plano por uma situação inusitada.

Os europeus, comandados por Eduardo Coudet, tiveram que improvisar em seu uniforme, já que as bagagens não chegaram em terras mexicanas.

Leia também:

A chegada do Celta de Vigo à Cidade do México não foi nada divertida, já que problemas logísticos deixaram a delação sem uniformes para aquecimento e também para o jogo amistoso.

Assim, o time que disputa a primeira divisão da Espanha teve que "encomendar" novos kits improvisando com uma camisa preta.

Como se isso não bastasse, a equipe espanhola “traiu” a Adidas, marca que os patrocina, já que durante os exercícios de aquecimento eles tiveram que pegar roupas emprestadas dos donos da casa, que são patrocinados pela rival Nike.

Apesar de todos os contratempos, o Celta de Vigo aproveitou esta situação com humor e até "mostrou" nas suas redes sociais os seus novos uniformes para o jogo frente ao Pumas UNAM, esclarecendo porque usaram outro design.

“Quem nunca perdeu a mala em um voo? Para grandes males, grandes remédios! Graças à Adidas vamos vestir kits únicos e irrepetíveis, com o mais importante: o nosso escudo no peito”, escreveu a conta oficial do Celta de Vigo no Twitter.

Embora o problema tenha sido resolvido, esse "novo" kit estava prestes a não chegar, pois as caixas com todos os uniformes foram entregues minutos antes do início da partida.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos