Celular na calcinha, palco com Gabigol cede, banho de piscina: os detalhes da festança 'secreta' de Romário

·2 minuto de leitura

Pela falta de registros, o aniversário de 55 anos de Romário parecia ter passado sem uma grande comemoração, mas não foi assim. O EXTRA teve acesso a detalhes da festança que aconteceu na mansão do ex-jogador, no Condomínio Américas, na Barra, na noite do último sábado e só acabou quando amanheceu o dia. Entre os convidados, estavam a cantora Ludmilla, Belo (sem Gracyanne Barbosa), Naldo, o rapper Xamã e Gabigol, atacante do Flamengo, além de outros amigos do aniversariante e seus filhos. "Estava cheia, devia ter no mínimo 300 pessoas", entrega uma convidada.

O controle foi rigoroso na entrada. Só tinha acesso à comemoração quem estava com o nome na lista. Antes de entrar na festa, os convidados passavam por um detector de metais e deixavam os celulares na recepção montada na porta da mansão. Em troca, recebiam uma pulseira branca com uma numeração para pegar o aparelho de volta na saída. Uma mulher foi convidada a se retirar ao entrar com o celular escondido na calcinha. Ela foi flagrada tentando tirar uma foto com Ludmilla pelo amigo e braço-direito de Romário, o zagueiro Fábio Braz.

Leia também: Vivi Fernandez revela que carreira no pornô afetou sua vida sexual: 'Perdi a espontaneidade'

Belo foi o primeiro a se apresentar num palco montado dentro da festa. Ao longo da noite, o cantor foi chamando outros artistas para darem uma canja. Num certo momento da noite, uma das estruturas do palco cedeu, dando um grande susto, em especial em quem estava em cima dele, como alguns artistas e o jogador Gabigol.

No convite virtual enviado aos convidados, algumas exigências, como a entrada proibida para quem estivesse de bermuda, chinelo, camisa regata e boné. O convite ainda alertava para o uso obrigatório de máscara de proteção, mas não foi o que aconteceu, como relata quem estava presente. "Não existia essa obrigação, não. A maioria estava sem máscara", conta outro convidado.

Já era dia claro quando a festança teve fim. Antes disso, ainda teve um banho de piscina coletivo. Romário foi um dos primeiros a cair, sendo jogado pelo cantor Naldo.

Na segunda-feira, o ex-jogador já batia ponto no Senado Federal, quando chegou a declarar seu voto ao senador Rodrigo Pacheco (DEM-RJ), que acabou sendo eleito presidente da instituição.

Leia também: Diogo Nogueira está solteiro! Cantor termina namoro de dois anos e meio com advogada