Celulares, 66 chips e outros aparelhos eletrônicos são apreendidos em presídio Bangu 3

Seis telefones celulares, 66 chips, além de outros equipamentos eletrônicos e drogas, foram apreendidos no presidio Bangu 3(Penitenciária Gabriel Ferreira Castilho - Bangu III B), unidade que abriga a maior facção criminosa atuante no estado, durante operação realizada, na noite de sábado, pela Polícia Penal.

A ação foi desencadeada com o objetivo de identificar internos que estariam estabelecendo comunicações com seus comparsas de facção. Policiais penais da Subsecretaria de Inteligência do Sistema Penitenciário (Ssispen) contaram com apoio de agentes da própria unidade prisional.

Os materiais apreendidos foram encontrados em área comum da penitenciária, não sendo possível identificar quais presos seriam os proprietários dos itens encontrados. De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP), além do controle já existente, operações foram intensificadas pela Ssispen e pela Subsecretaria de Gestão Operacional para inibir a entrada de materiais ilícitos nas cadeias do estado e impedir a comunicação de lideranças criminosas com seus comparsas.

Foram apreendidos cinco celulares Samsung, um Iphone, uma peteca contendo maconha, seis invólucros contendo maconha, duas ampolas de anabolizantes, 66 chips, 12 carregadores, 17 cabos USBs, 30 fones auriculares, e um Modem Vivo. Os materiais foram encaminhados para a Delegacia Policial para confecção do R.O.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos