Cemitério vira palco para festa clandestina com 150 pessoas no interior do RS

Redação Notícias
·1 minuto de leitura
O vídeo mostra carros de som e pessoas bebendo e dançando ao redor dos túmulos. (Foto: Reprodução)
O vídeo mostra carros de som e pessoas bebendo e dançando ao redor dos túmulos. (Foto: Reprodução)

A Polícia Civil investiga a realização de uma festa clandestina com cerca de 150 pessoas em um cemitério em Pelotas, no Rio Grande do Sul, a 260 km de Porto Alegre.

O evento ilegal ocorreu na noite de segunda-feira (1), no Cemitério das Folhas, e imagens divulgadas na internet mostram a aglomeração durante a pandemia da Covid-19.

O vídeo mostra carros de som com música alta e com pessoas bebendo e dançando ao redor dos “paredões de pancadão”. É possível ainda ver movimentação de pessoas perto dos túmulos.

Leia também:

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul ainda não conseguiu identificar os responsáveis pela festa. Os realizadores, segundo a polícia, podem ser responsabilizados por descumprir o artigo 268 do Código Penal por facilitar a transmissão de doenças contagiosas.

Vizinhos informaram a polícia que a festa começou por volta da 1h da madrugada, e durou até o amanhecer. O cemitério é mantido e gerenciado por uma comunidade católica, que informou não ter tido conhecimento da festa.