Ceni ganha fôlego no Flamengo para encerrar Brasileiro. Permanência em 2021 segue incerta

Diogo Dantas
·1 minuto de leitura
Foto: Agência O Globo

A vitória do Flamengo sobre o Grêmio, da forma que foi, com quatro gols e momentos inspiradores do ataque, deu novo fôlego a Rogério Ceni. O suficiente para lhe permitir que encerre o Campeonato Brasileiro, no qual o time ainda tem chances matemáticas de título.

A diretoria reforçou o respaldo ao treinador em momentos de derrota, e agora quer aproveitar a empolgação com o importante resultado para dar tranquilidade a Ceni nos últimos seis jogos.

A permanência para a disputa da temporada 2021 ainda é uma incógnita. Dirigentes do clube questionados deixam a entender que não há como bancar o técnico.

Tudo dependerá de resultados. E também do desempenho, que ainda oscila.

"Ceni é o treinador hoje...amanhã não sei", disse um membro da diretoria.

O Flamengo enfrenta o Sport na segunda-feira em Recife e depois o Vasco no Maracanã. A ideia é embalar com a base da escalação que bateu o Grêmio e também o Palmeiras.

Embora a diretoria concorde que Ceni tem feito mexidas no time que não surtem efeito, o argumento é que outros treinadores, até Jorge Jesus, também estão sujeitos a inventar algo que não dá certo. O que importa no fim é a bola entrar e a equipe jogar bem. O que parece ser possível nesta reta final.

O Flamengo agora tem 13% de chances de ser campeão brasileiro. O percentual dobrou depois da vitória sobre o Grêmio, em jogo atrasado nesta quinta-feira.

Antes, o rubro-negro tinha 6% de possibilidades de terminar o torneio em primeiro. As contas são do matemático Tristão Garcia, do site Infobola.