Censo 2022: MPF apura se governo Bolsonaro excluiu perguntas sobre identidade de gênero

O Ministério Público Federal no Acre abriu um apuração preliminar sobre a suspeita de que o Censo 2022 excluiu perguntas que identifiquem a comunidade LGBTQIA+.

De acordo com a Globonews, o procurador Lucas Costa Almeida Dias determinou “a autuação em Notícia de Fato (PRDC) para verificar eventual irregularidade no Censo 2022, em relação à não inclusão dos campos de identificação da 'identidade de gênero' e 'orientação sexual' nos questionários básico e amostral".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos