Centenas de manifestantes antigolpe protestam no Sudão

·1 min de leitura
Sudaneses protestam em Cartum contra o golpe de Estado militar, em 21 de novembro de 2021 (AFP/-)

Centenas de pessoas foram às ruas, neste domingo (21), em várias cidades do Sudão, para protestar contra o golpe de Estado militar, apesar do acordo alcançado que prevê o regresso ao poder do primeiro-ministro civil Abdullah Hamdok.

As forças de segurança reagiram, lançando gás lacrimogêneo para dispersar os manifestantes em Cartum, observou a AFP.

Entre outros locais, a multidão se reuniu emn frente ao palácio presidencial, onde o general Abdel Fatah al Burhan, que comandou o golpe, e Hamdok devem assinar um acordo em breve.

Anunciado neste domingo, quase um mês após o golpe de 25 de outubro, o pacto foi rejeitado por várias organizações da sociedade civil, que querem um governo sem militares.

bur/tp/sag/jvb/tt

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos