Centenas de pessoas se manifestam em Londres contra morte de George Floyd

Protesto perto da embaixada dos Estados Unidos em Londres pela muerte de cidadão negro americano nas mãos da polícia em Minneapolis, em 31 de maio de 2020

Centenas de pessoas em Londres desafiaram neste domingo as restrições de saúde da pandemia e manifestaram-se perto da embaixada dos Estados Unidos para protestar contra a morte de um cidadão americano negro nas mãos da polícia.

Os manifestantes cantaram "sem justiça, sem paz" e exibiam cartazes com a inscrição "Black Lives Matter", uma das frases mais ouvidas em protestos nos Estados Unidos após a morte de George Floyd na segunda-feira durante sua prisão em Minneapolis.

Centenas de pessoas haviam se reunido anteriormente na Trafalgar Square, no centro de Londres, em memória dos afro-americanos mortos.

Os presentes se ajoelharam por nove minutos, tempo que um policial pressionou o pescoço de Floyd com o joelho.

Embora muitos manifestantes usassem máscaras, era difícil respeitar a distância social imposta para conter a pandemia do novo coronavírus.