CEO da United Tech busca aquisições de pelo menos US$5 bi no exterior

(Reuters) - O presidente-executivo da United Technologies disse nesta quarta-feira estar interessado em negócios internacionais que usem "dinheiro preso" da empresa no exterior, enquanto o conglomerado dos Estados Unidos concentra-se na exploração de ativos de pelo menos 5 bilhões de dólares. Falando em uma conferência de investidores, o CEO da United Tech, Greg Hayes, disse que "adoraria fazer uma transação de M&A internacional para tirar proveito do dinheiro preso fora do país. Isso não quer dizer que não faria um acordo nos EUA". Hayes, cuja empresa fabrica motores Pratt & Whitney a jato e elevadores Otis, tem sido claro sobre o desejo de buscar aquisições maiores. "Estamos focados agora em uma fusão de maior escala", disse Hayes numa conferência do Barclays. "Quando eu digo escala maior, seria na faixa de 5 bilhões de dólares". Até surgirem oportunidades de negócio, porém, a empresa vai recomprar ações, disse Hayes. Em janeiro, a United disse que espera recomprar 3 bilhões de dólares em ações neste ano. (Por Lewis Krauskopf)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos