CEOs de empresas dos EUA ganham 324 vezes mais que seus funcionários, diz estudo

Levantamento realizado pela AFL-CIO, maior federação sindical dos EUA, mostra que a proporção média de remuneração dos CEOs das maiores empresas do país em relação a seus funcionários, em 2021, foi de 324 para 1. Os executivos das companhias listadas no S&P500, maior índice do mercado financeiro americano, receberam cerca de US$ 18,3 milhões no total, com os salários registrando avanço de 18,2% no ano passado.

Segundo o estudo, na última década, os salários dos CEOs aumentaram mais de US$ 540 mil por ano, enquanto os do trabalhador médio dos EUA avançaram cerca de US$ 1.303 por ano no período, atingindo US$ 58,26 mil em 2021.

Considerando a inflação de 7,1% nos EUA em 2021, os salários dos funcionários – que tiveram alta de apenas 4,7% no mesmo ano – perderam poder de compra.

A maior relação entre os salários dos principais executivos e a média dos trabalhadores das empresas foi encontrada na gigante do varejo Amazon. O CEO Andy Jassy, que substitui Jeff Bezos no comando, recebeu, no ano passado, US$ 212.701.169 (R$ 1,19 bilhão)– mais de 6 mil vezes a remuneração anual média de um trabalhador da empresa, de US$ 32.855 (R$ 183 mil).

A maior remuneração, no entanto, foi recebida por Peter Kern, CEO da Expedia, de US$ 296 milhões no ano (R$ 1,65 bilhão) – 2.897 vezes a média recebida pelos trabalhadores.

Veja os dez CEOs que receberam a remuneração mais alta em 2021:

Peter Kern: Expedia Group - US$ 296,247,749

Andrew Jassy: Amazon.com - US$ 212,701,169

Patrick Gelsinger: Intel - US$ 178,590,400

William McDermott: ServiceNow - US$ 165,802,037

Timothy Cook: Apple - US$ 98,734,394

James Dimon: JP Morgan Chase & Co - US$ 84,428,145

Fabrizio Freda: The Estee Lauder - US$ 65,996,985

Jay Snowden: Penn National Gaming - US$ 65,887,214

Hock Tan: Broadcom - US$ 60,703,627

Ronald Clarcke: FLEETCOR Technologies U$$ 57,923,473

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos