Cepa mais contagiante de coronavírus é detectada em São Paulo

Giuliana de Toledo
·1 minuto de leitura

SÃO PAULO - Foram encontrados em São Paulo dois casos de coronavírus provocados pela nova variante identificada inicialmente no Reino Unido. A cepa B.1.1.7 do SARS-CoV-2, mais contagiosa, foi detectada pelo laboratório Dasa e comunicada ao Instituto Adolfo Lutz e à Vigilância Sanitária.

A descoberta foi anunciada nesta quinta-feira (31) pela empresa. Essa é a primeira vez que a variante, que já se espalhou por diversos locais além do território britânico nos últimos dias, é reconhecida no país.

Segundo comunicado à imprensa, o laboratório achou a nova cepa entre 400 amostras de exames RT-PCR feitos com saliva. O estudo começou por aqui quando o Reino Unido deu o alerta sobre a variante, que é preocupante por ser mais infecciosa, embora ainda não se saiba se ela é capaz de agravar os quadros ou aumentar a letalidade.