A cerca de 1 hora do Rio, restaurantes na serra são um ótimo programa para 'escapadas'

A um pulinho de distância da cidade, há alguns restaurantes que ficam ainda mais gostosos nessa temporada de temperaturas mais baixas. A Serra do Rio guarda ótima gastronomia que vale a (curta) viagem até lá. Em uma hora, chega-se a mesas com produtos orgânicos servidos em casas que funcionam em um ritmo mais suave. Chefs como Lydia Gonzalez, que passou por restaurantes como Sawasdee, Sushi Leblon e El Celler de Can Roca, até voltar a sua cidade natal, Petrópolis, para abrir o Angá Ateliê Culinário, onde serve receitas com insumos da estação em um ambiente que é charme puro. “Essa época do ano é a nossa alta temporada. Considero a cozinha com fogo, os molhos densos e os preparos mais encorpados a cara desse período mais frio”, conta ela. E ainda tem os hotéis, como Casa Marambaia e Tankamana, que, além de ótimos restaurantes, podem acolher quem quiser passar a noite. Tudo logo ali.

Casa no campo

A pousada Tankamana é um mergulho na natureza. Além de novas ações de sustentabilidade e programa de observação de pássaros, o restaurante local está cheio de novidades. O cardápio de inverno recebe a assinatura do chef Nao Hara, que manteve o conceito “do campo para a mesa”, com ingredientes colhidos na horta agroecológica local. No menu, preparado pelo chef Daniel Caamano e a chef de pâtisserie Jhennifer Verdan, tem opções como galinhada com quiabo crocante (R$ 82) e salada caprese em três tempos (R$ 55). Reservas: (24) 2232-2900.

Estrelados

Os chefs franceses Roland Villard e David Mansaud criaram fondues especiais para a Casa Marambaia. Tem de queijos Gruyere e Canastra e de filé mignon cozido sobre a pedra de sal quente. Custa R$ 245, para dois. Reservas: (24) 99974-7608.

Logo lá

Apenas aos fins de semana, o restaurante Lá, comandado pelo chef Bebeto Felipe e por Marcelo Vidal, vale o bate e volta. No jardim arborizado, há mesinhas e móveis garimpados que ormam um espaço superaconchegante. Entre as novidades de inverno estão o creme aveludado de tomate com castanha de caju e hortelã, saladas frescas e muito mais. O menu com entrada, principal e sobremesa está R$ 193. Reservas: (21) 98068-6650.

Cozinha de mercado

No Angá, o menu muda a cada dois meses. A chef Lydia Gonzalez se guia pelo que há de mais legal na temporada. O fogão a lenha entre a cozinha e o salão esquenta o ambiente e ainda dá um gostinho de inverno aos preparos, como no caldo de cebola caramelizada, com mangarito (uma batata em extinção), puxuri e folha tostada e na manteiga caseira de café com leite que está no couvert. O menu de seis tempos custa R$ 250. Reservas: (24) 98163-1455.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos