Cerca de cem estudantes sequestrados e libertados na Nigéria

·1 minuto de leitura
Familiares reencontram filhos sequestrados

Cerca de cem estudantes foram sequestrados na noite de sábado por homens armados no noroeste da Nigéria, mas seus sequestradores os libertaram na manhã deste domingo (20) após uma intervenção de sua comunidade, informou o chefe de um grupo de autodefesa.

Os habitantes de Mahuta, cidade de origem dos meninos, e milicianos de um grupo de autodefesa foram procurar os sequestradores, que identificaram como membros da comunidade dos fulanis (também chamados peuls), e os obrigaram a libertá-los, afirmou à AFP o líder da milícia Abdullahi Sada.

O sequestro ocorreu 48 horas após a libertação de 344 estudantes sequestrados seis dias antes por criminosos em nome do grupo jihadista Boko Haram na mesma região da Nigéria.

abu/cma/mis/zm/aa