Cerimônias de Natal no Vaticano acontecerão sem fiéis (agência)

·1 minuto de leitura
Foto divulgada pela mídia do Vaticano mostra o Papa Francisco em audiência privada no Vaticano
Foto divulgada pela mídia do Vaticano mostra o Papa Francisco em audiência privada no Vaticano

Depois das cerimônias da Semana Santa sem público no Vaticano, o papa Francisco também celebrará as Missas do Advento e do Natal sem a presença dos fiéis, informou nesta segunda-feira (26) a agência especializada Catholic News Agency (CNA). 

O secretário de Estado (ministro das Relações Exteriores) do Vaticano informou que as cerimônias de Natal serão realizadas "de forma privativa", segundo consta em um e-mail enviado às delegações estrangeiras da Santa Sé. 

Essas cerimônias não terão "a presença de membros do corpo diplomático", habitualmente convidados, e serão transmitidas pela internet, segundo o e-mail. 

O mês de dezembro é marcado por uma série de festas litúrgicas que atraem milhares de peregrinos cristãos.

O Papa celebrará o dia da Imaculada Conceição, no dia 8 de dezembro, com um ato em frente à estátua de Maria na Praça de Espanha. Em vez da missa tradicional, ele pronunciará o Angelus da Praça de São Pedro, de acordo com a agenda publicada no site da Santa Sé. 

Por sua vez, permanecem em seu formato tradicional - mas sem audiência - a homilia de Natal na noite de 24 de dezembro e o discurso "Urbi et Orbi" do papa à cidade de Roma e ao mundo. 

Após o início da pandemia do novo coronavírus, o papa argentino Jorge Bergoglio, de 83 anos, teve que renunciar às bençãos em massa com os fiéis, às viagens ao exterior e às inúmeras cerimônias e eventos na Cidade do Vaticano. 

A atividade do Papa Francisco continuará alterada após o forte ressurgimento da segunda onda da covid-19 na Itália nas últimas semanas, país onde domingo foi decretado o fechamento de cinemas, academias e restaurantes.

gab/eb/mb/bn/mvv