É seguro beber cerveja artesanal? Associação e ministério dizem que caso em MG foi 'exceção'

Luiza Belloni
Dietilenoglicol, que causou infecção, é raramente utilizado como anticongelante no sistema de refrigeração de cervejas.

Os recentes casos de intoxicação com dietilenoglicol- substância tóxica presente na cerveja Belorizontina, da fabricante Backer, e que já levou a três mortes confirmadas - levantaram dúvidas sobre o processo de produção e a segurança de consumir cervejas artesanais.

A Polícia Civil de Minas Gerais ainda investiga as causas da contaminação, mas tanto o Ministério da Agricultura como a Abracerva (Associação Brasileira das Cerveja Artesanal) ressaltam que o caso foi excepcional. 

“Esta é a primeira vez que se tem notícias desse tipo de intoxicação no universo cervejeiro”, diz o presidente da Abracerva, Carlo Lapolli, que defende: ”É extremamente seguro beber cerveja artesanal”. “Tanto é que este é um fato inédito e bastante isolado, que infelizmente trouxe algumas vítimas”, completa.

Lapolli destaca ainda que o Ministério da Agricultura tem os mesmos processos de homologação e fiscalização para cervejarias artesanais e de grande porte.

″É a mesma norma, mesmo processo de fiscalização para todas as fábricas”, diz. “Para se abrir uma cervejaria é preciso aprovar toda a documentação, os processos devem ser escritos, a forma de controle de qualidade, os procedimentos de limpeza, de envase, tudo isso está escrito no Manual de Boas Práticas de Fabricação e o Ministério. Depois de aprovar todo esse material escrito, é feita uma vistoria in loco, as instalações são analisadas e a cervejaria é liberada para atuar.”

Em relação ao padrão de qualidade, o presidente da Abracerva ressalta que a indústria brasileira de bebidas segue um padrão mundial, igual ao da Europa e ao dos Estados Unidos. “[São] Os mesmos tipos de equipamentos, a formação muito sólida dos cervejeiros”, diz.  

Como esse tipo de contaminação não é detectada antes da distribuição?

Em coletiva de imprensa concedida na quarta-feira (15), o Ministério da Agricultura disse que nos testes das cervejas, as bebidas não são testadas...

Continue a ler no HuffPost