Cessar-fogo em Gaza

Israel, o Hamas, movimento islamita no poder na Faixa de Gaza, e a Jihad Islâmica, segundo grupo armado do enclave, anunciaram nesta quinta-feira que aprovaram um acordo de cessar-fogo com vistas a encerrar os mais de dez dias de confrontos sangrentos. O conflito deixou mais de 230 mortos no lado palestino, incluindo cerca de 60 crianças, e 12 óbitos em Israel.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos