Chacina de família no DF: polícia revela "indícios" de que 4 sumidos estejam mortos

Até o momento, sete corpos ligados à família foram encontrados

Chacina vitimou toda uma família no Distrito Federal - Foto: Divulgação/Polícia Militar
Chacina vitimou toda uma família no Distrito Federal - Foto: Divulgação/Polícia Militar

A Polícia Civil do Distrito Federal revelou que há "indícios" de que as quatro pessoas desaparecidas, ligadas à chacina que executou toda uma família na região, estejam mortas.

A informação foi revelada pelo delegado responsável pelo caso, Ricardo Viana, em entrevista à TV Globo. Segundo ele, as novas vítimas fatais seriam Thiago Gabriel Belchior de Oliveira, Marcos Antônio Lopes de Oliveira, Cláudia Regina e Ana Beatriz, que estão desaparecidos.

Estas quatro pessoas teriam sido assassinadas também pelos responsáveis pelas mortes da cabeleireira Elizamar Silva, dos três filhos, da cunhada e da sogra dela.

O corpo de um homem adulto foi encontrado no cativeiro onde estavam duas das vítimas. Ainda não foi descartada, no entanto, a possibilidade de Thiago e Marcos Antônio, respectivamente marido e sogro de Elizamar, serem os mandantes do crime.

"Se esse corpo se confirmar [como sendo] do Thiago ou do Marcos, [a tese] é que Gideon, Fabrício e Horácio se associaram e, com fim de subtrair valores, mataram as pessoas da família do Marcos", explicou o delegado.

Sete corpos ligados à chacina já foram encontrados. Nenhum foi identificado oficialmente, mas a polícia acredita que sejam de:

  • Elizamar Silva, de 39 anos;

  • Três filhos dela e de Thiago: os gêmeos Rafael e Rafaela, de 6 anos, e Gabriel, de 7 anos;

  • Sogra de Elizamar, Renata Juliene Belchior, de 52 anos, esposa de Marcos Antônio;

  • Cunhada de Elizamar, Gabriela Belchior, de 24 anos, irmã de Thiago e filha de Marcos Antônio.

Quatro pessoas da família de Marcos Antônio seguem desaparecidas. São elas:

  • Marcos Antônio, de 54 anos, sogro de Elizamar;

  • Thiago Gabriel Belchior, 30 anos, marido de Elizamar;

  • Cláudia Regina, ex-esposa de Marcos Antônio;

  • Ana Beatriz, filha de Marcos Antônio e Cláudia Regina.

Entenda o caso

O caso ganhou repercussão após o desaparecimento da cabeleireira Elizamar Silva, que sumiu junto com os três filhos pequenos no dia 12 de janeiro. Ela também é mãe de um jovem de 24 anos e uma adolescente de 18, que avisaram a polícia sobre o sumiço da mãe.

Testemunhas relataram que a cabeleireira teria discutido com o marido, Thiago, com quem se relacionada há 10 anos, e saído com as crianças.

O veículo utilizado por ela foi encontrado completamente incendiado com quatro corpos dentro. Depois disso, um outro automóvel, também pertencente a parentes da mulher, foi localizado incendiado, com dois corpos.

Três suspeitos de participação no crime estão presos. A teoria seguida pela Polícia era de que eles teriam executado os crimes a mando de Thiago Gabriel Belchior de Oliveira, marido de Elizamar, e Marcos Antônio Lopes de Oliveira, sogro da cabeleireira.