Champions inicia oitavas com os favoritos Barcelona, PSG e Liverpool na berlinda

Extra
·1 minuto de leitura

Em condições normais, Liverpool e Paris Saint-Germain começariam as oitavas de final da Liga dos Campeões na expectativa de classificações razoavelmente tranquilas para a fase seguinte da competição internacional. Entretanto, sem sorte no sorteio para o mata-mata e atravessando inferno astral, as duas equipes jogam nesta terça-feira com o sinal de alerta ligado.

A equipe inglesa atravessa uma má fase há muito não vivia: são quatro derrotas nos últimos seis jogos, sequência que não condiz em nada com o período de vitórias iniciado com Jürgen Klopp, ainda em outubro de 2015.

A crise no Campeonato Inglês fez o técnico alemão dizer, emocionado, que o Liverpool não tem mais chances de brigar pelo bicampeonato. Mas ainda resta a competição europeia. Para avançar, terá de passar pelo sempre perigoso RB Leipzig. A equipe está em segundo lugar no Campeonato Alemão e foi semifinalista na edição passada da competição. O jogo acontecerá na Alemanha.

O outro duelo desta terça-feira será entre dois pesos-pesados. Barcelona e Paris Saint-Germain jogam no Camp Nou em uma situação inusitada.

Historicamente, o protagonismo seria dos espanhóis, pentacampeões da Liga, com Messi em campo e uma hegemonia sobre o adversário: nas três vezes em que se enfrentaram na fase de mata-mata, deu o time catalão.

Porém, o Barcelona vive temporada irregular e o Paris Saint-Germain parece finalmente ter aprendido a ser grande na Liga dos Campeões — vice em 2020. Ainda assim, não dá para dizer quem é favorito no confronto pelo fato de o PSG não ter seu principal jogador: Neymar, que está lesionado.