Chanceler da Rússia obtém visto para ir à Assembleia-Geral da ONU

Ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, em Moscou

MOSCOU (Reuters) - O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, e membros de uma delegação russa receberam vistos para participar da Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York, informou uma agência de notícias russa, citando o Ministério das Relações Exteriores do país.

A Rússia tem criticado durante semanas os Estados Unidos por não terem concedido vistos aos membros da delegação russa para participar da 77ª sessão da Assembleia.

"Hoje, os vistos foram concedidos a Lavrov e a alguns dos que o acompanharão", disse a chancelaria russa, segundo relato da agência Interfax.

Moscou acusou os Estados Unidos de tentar bloquear a plena participação da Rússia na Assembleia-Geral, atrasando a concessão de vistos para os russos comparecerem. As sessões de alto nível do fórum começarão na próxima semana.

O Kremlin disse nesta terça-feira que os Estados Unidos estavam "violando suas obrigações" ao não emitir vistos para a delegação completa da Rússia e disse que estava tomando medidas para responsabilizar tanto a ONU quanto os EUA pela situação.

(Reportagem da Reuters)