Chances dos 27 desaparecidos de naufrágio na China serem resgatados com vida são baixas, dizem autoridades

Autoridades de Hong Kong afirmaram que consideram serem baixas as chances de resgatarem com vida os 27 desaparecidos de um naufrágio do navio Fujing001. O navio partiu ao meio ao cruzar com o tufão Chaba, neste sábado.

Dois presos: Polícia resgata 77 pessoas presas por pastor em igreja para 'esperar vinda de Jesus' na Nigéria

EUA: Caminhão a jato sofre acidente durante apresentação e motorista morre

Três pessoas foram resgatadas da embarcação por meio de um helicóptero do serviço de emergência de Hong Kong, enquanto o naufrágio acontecia. Veja abaixo um vídeo da operação:

Quatro aviões, seis helicópteros e uma equipe de 36 pessoas foram enviados à região para procurarem pelos 27 desaparecidos. A área de busca tem cerca 1.300 km.

— Tendo em vista o tempo decorrido desde que as 27 pessoas desapareceram. as chances de encontrá-los vivos são muito, muito pequenas — disse o capitão West Wu Wai-hung, do serviço de emergência aéreo de Hong Kong, segundo o jornal South China Morning Post.

O navio estava a 160 milhas náuticas a sudoeste da ex-colônia britânica quando se partiu ao meio devido a força da tempestade. Os ventos do tufão atingiram velocidades de até 144 km/h. A permanência do tempo ruim na região é um dos motivos pelos quais as autoridades consideram difícil o resgate ter sucesso.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos