Chay Suede faz de Danilo o queridinho do público de ‘Amor de mãe’ e é comparado a Quico, do ‘Chaves’

Marcelle Carvalho
1 / 4

danilo-amor-mae1.jpg

Danilo sente que está na hora de andar com as próprias pernas

Difícil não se encantar por Chay Suede. O jeito tranquilo, a voz doce e o sorriso franco deixam à mostra um pouco da personalidade mansa, porém forte, desse ator em ascensão. Tanto que ele faz de Danilo não só o queridinho de sua mãe na ficção, Thelma (Adriana Esteves), como do público de “Amor de mãe”. Até mesmo ao falar das faíscas entre ela e o filho que quer deixar de ser superprotegido, Chay é pura sensibilidade.

— Danilo e Thelma têm uma relação, antes de tudo, de amor profundo. A família deles se resume aos dois. Por isso, a importância que um tem para o outro é imensa. Vai muito além de superproteção. Tudo que vai acontecer, seja o leve distanciamento de Danilo, seja a decisão de ele tomar um novo rumo, acontece a partir de uma visão amorosa da relação. Não há ruptura, nem rebeldia. Ele percebe que precisa ter vida individual, que vai ser melhor para os dois. E faz isso do modo mais amoroso possível — analisa o ator.

 

Mas sair da barra da saia materna não significa que o rapaz terá menos zelo de Thelma, na visão de Chay.

— Isso não separa, nem torna a relação menos superprotetora. Mas é um símbolo de que ele pode se apegar e começar a transformar as coisas que acha mais importante — acredita o artista, de 27 anos, que de amante de Adriana Esteves, em “Segundo sol” (2017), experimenta agora um novo jeito de amá-la: — É uma relação diferente. Então, todos os dias a estamos construindo cena a cena. Ao mesmo tempo, aproveitamos todo carinho, a intimidade dentro e fora de cena, a amizade que construímos na novela anterior. É confortável trabalhar com Adriana, uma das maiores atrizes do Brasil. Sou fã dela. Quando estamos em cena é só olhar para ela que tudo acontece.

A maior magia, porém, está na barriga da atriz Laura Neiva, mulher de Chay. Ela se chama Maria e está para nascer a qualquer momento. A chegada da pequena fará o ator sentir o que é o amor de pai.

— Só penso nisso (risos). É louco, né? O tempo passou rápido, mas nesse mês final, parece que está bem devagar. Não estou ansioso como pensei que estaria. Achei que fosse estar uma pilha — diz o ator, que sempre sonhou ser pai: — Desde criança penso nisso. E quero ter mais filhos. Se depender da Laurinha teremos no mínimo três.

Zoeira na Internet

Após a primeira semana de exibição de “Amor de mãe”, os internautas já fizeram uma importante constatação: Danilo e Thelma foram inspirados em Quico e Dona Florinda, os clássicos personagens de “Chaves”. A comparação viralizou na web e alavancou a criação de memes, alguns compartilhados por Chay.

 

O ator parece se divertir com a brincadeira. Tanto que, em um dos memes, ele escreveu “Tesouro”, apelido pelo qual o menino do seriado mexicano é chamado pela mãe. Em outra montagem, Chay brinca: “Eita, teoria séria”.

De acordo com os internautas, a autora, Manuela Dias, teria buscado referências no programa, já que Thelma e Dona Florinda perderam seus maridos, que eram da Marinha; comandam restaurantes e são mães superprotetoras, que mimam muito os filhos.

 

A zoeira nas redes é grande. A internauta @NaneAraujo2 faz com a comparação: “Thelma é a versão dark da Dona Florinda: as duas são viúvas, protegem o tesouro de tudo e todos, são proprietárias de um restaurante. Já @JoseffVinicius pede “explicações” à autora ao postar uma imagem em que Thelma veste o filho com o uniforme do pai ao lado de Dona Florinda com o marido uniformizado. “Manuela Dias, você pode me dizer se isso foi intencional?”.